sexta-feira, 19 de maio de 2017

Enfim surge um novo Brasil


Há sempre mais de um ângulo para se observar um mesmo fato. Os mais pessimistas veem tudo o que está acontecendo no cenário político e econômico brasileiro como uma hecatombe sem precedentes. Outros, como eu, veem um grande e profundo processo de transformação. Velhas máscaras estão caindo e, por trás dessas máscaras, exacerbam-se os rostos doentes de uma classe política há muito desacreditada. Quem em sã consciência não imaginava que todo esse cenário de roubalheira e sequestro do dinheiro público já não acontecia? Que novidade estamos vendo a nossa frente? Nada. Repito, nada além do que nossos pais e avós já preconizavam desde nossa infância. Qualquer um que se torna vereador, deputado ou mesmo empresário que consegue um bom relacionamento com o governo fica rico do dia para a noite. E o que é pior: "achávamos isso o máximo"! Agora sabemos exatamente como a verdade encoberta pelas velhas máscaras acontecia nos bastidores da política nojenta e egoísta deste nosso país.

Mas de quem é a culpa? Quem são os políticos e os empresários "bem-sucedidos" senão um reflexo de nós mesmos? São ou não são os admiráveis homens públicos e de negócios que cultivamos no inconsciente coletivo de toda uma geração? Será que as "lava-jatos" e "impeachments" irão pôr fim à essa geração da noite para o dia? Claro que não. Infelizmente levarão anos ou, talvez, décadas até que nossos netos cheguem ao cume de uma sociedade plenamente renovada. Mas é inegável reconhecer que estamos no caminho certo. Graças às redes sociais e ao estatuto do concurso público, que renovou o funcionalismo das instituições democráticas desse país, tudo isto está acontecendo a uma velocidade exponencialmente mais alta. Empresários e políticos na cadeia. Delações premiadas. Com tudo isso, não há mais lugar seguro para quem pensa em usar a máquina pública contra o povo. E o povo, por sua vez, começa a modificar os objetos de sua admiração, trocando os engravatados da política e dos negócios por juízes, promotores e policiais que ganham cada vez mais notoriedade perante ele.

É por isso, minhas amigas e meus amigos, que eu acredito em um novo Brasil. Aquele que sonhamos para nossos filhos e netos. Um Brasil onde o dinheiro entrará nos bolsos de quem realmente trabalha, com competência e honestidade. Um Brasil que acolhe seus filhos sem distinção, com oportunidades e direitos iguais para todos. Um Brasil onde o poder público possa ser respeitado, com políticos e instituições fortes. Um Brasil verdadeiramente democrático e justo. Que Deus ajude o nosso país nessa difícil transição.


por David Stephen
19/05/2017








TELESAPIENS Empreendimentos Educacionais
Editora | Produtora | EaD
www.telesapiens.com.br

Nenhum comentário: