domingo, 26 de julho de 2015

Marketing Pessoal: Você é uma empresa!

Em um mundo cada vez mais global e competitivo, a forma mais eficaz de encarar o mercado de trabalho é se enxergar como empresa.  E para sermos uma empresa, precisamos aplicar os mesmos conceitos, tecnologias e métodos que os empresários aplicam em seus negócios.
Mas como se enxergar como empresa? Quais são as variáveis determinantes de um profissional que coincidem com as das empresas? Como gerenciar a si próprio?
Nesse contexto, vamos abordar, a partir de agora, alguns aspectos naturais em uma empresa, que podem perfeitamente ser compilados para a realidade de um profissional no mercado de trabalho, pois senão vejamos:

Ativos Fixos: Seu Patrimônio
Se uma empresa tem ativos fixos (imóveis, veículos, mobiliário, etc), você também pode planejar ter tudo isto.  Seu futuro carro, aquela casa de praia que você tanto deseja, enfim, tudo aquilo que você pretende ter faz parte do ativo fixo que você construirá como fruto de sua carreira bem-sucedida.

Ativos Intangíveis: Suas competências
Costuma-se denominar ativos intangíveis tudo aquilo que custa tempo e dinheiro para ser conseguir, mas que não é possível se valorar com precisão.  Para as empresas, seu renome no mercado, o capital intelectual de sua equipe, entre outros valores de difícil mensuração, são exemplos do que chamam de ativo intangível.  E para você?  O que há de mais nobre e sutil em seu ativo?  Seu conhecimento é um bom exemplo disto.  Através dele você consegue construir um renome no mercado e, diferentemente das empresas, ninguém poderá comprar isto de você – ele é seu para sempre.  Outros ativos intangíveis desta empresa chamada VOCÊ:
1. Sua reputação profissional;
2. Sua expertise em um assunto;
3. Seu currículo – seu passado;
4. Seus valores éticos e morais; etc.

Capital Intelectual: Suas Competências
Vamos falar um pouco mais profundamente sobre este ativo intangível: capital intelectual.  Para as empresas, não importa o currículo de seus colaboradores, ou o nível de escolaridade que eles apresentam.  O que realmente faz com que este item seja considerado um ativo intangível é a capacidade que esta equipe tem de mobilizar seus conhecimentos para transformá-los em competência.  É exatamente isto que você deve buscar na sua carreira profissional.  
Currículo, formação acadêmica, certificações, são itens extremamente relevantes, sem dúvida. Mas se você não é capaz de mobilizar tudo isto para transformar em ações práticas, de nada lhe adiantará tanta pompa.  Portanto, invista no seu capital intelectual.  Escolha bons cursos, bons livros e, principalmente, exercite-se para se tornar um profissional competente.

Marca: Sua Imagem
As empresas investem uma fábula de dinheiro na construção e manutenção de suas marcas.  Marcas mundiais como a Coca-Cola, Nike, Adidas, GM, entre muitas outras, não param de comprar mídia e, cada vez mais, tentam associar suas imagens a ações de responsabilidade socioambiental, para a promoção de sua credibilidade.
Tão importante quanto a marca de uma empresa é a sua imagem pessoal para uma carreira de sucesso.  Você não deve poupar esforços para construir e preservar a sua imagem pessoal.
Mas como é possível se obter indicadores para medir nossa imagem pessoal? Com o advento da Internet, essa tarefa ficou fácil: digite o seu nome completo nos buscadores como o Google e nas redes sociais, e tente visualizar como o seu nome está sendo tratado pelas pessoas. A que postagens você está associado? Quem anda falando de você na grande rede? Sobre o que falam a seu respeito? Quantas visualizações têm o seu perfil no Linked-In? No Facebook? No Instagram? E, o mais importante – como se apresentam as suas fotos para quem busca seu nome na Internet? Se você fosse eles, contrataria você como funcionário, executivo, consultor ou parceiro de negócios?

Contabilidade: Suas Contas
Para uma empresa, não é possível se planejar no longo prazo sem controlar bem suas finanças e ter, de forma organizada, os seus registros contábeis.  Da mesma maneira, um profissional de sucesso deve se organizar quanto aos aspectos financeiros e contábeis, zelando pela sua conduta nas transações financeiras e tendo, sempre à mão, seu histórico contábil (declarações de imposto de renda, documentos de gastos anteriores, contratos em andamento, etc).
Isto pode parecer bobagem, mas é muito difícil construir uma carreira de sucesso sem se tornar uma pessoa organizada.  E tudo isto começa na organização de suas contas pessoais.  Seu ativo fixo futuro depende disto.

Lucro: Felicidade / Realização
Para uma empresa, o objetivo final é apurar lucro financeiro.  Pelo menos é isto que estamos acostumados a ouvir ao longo dos tempos.  Mas, quando observamos a conduta das grandes organizações, percebemos que não é apenas isto que as move.  Já se fala hoje em balanço social, e as empresas não param de adquirir outras menores, as vezes suportando prejuízos momentâneos em prol de mercados futuros.
Assim como nas empresas, o objetivo de um profissional de sucesso não deve se resumir simplesmente em apurar cada vez mais lucro no final do mês ou do ano.  A realização de seus objetivos nem sempre passam necessariamente por acumular dinheiro na conta bancária.  Sejam lá quais forem esses objetivos, é importante que se busque, acima de tudo, a nossa realização profissional.

Nenhum comentário: