terça-feira, 17 de agosto de 2010

Hoje não é 08 de março, dia da mulher. Aliás, isso é um absurdo. Todo dia deveria ser o dia da mulher. Elas estão despontando no mercado de trabalho, na mídia e agora, também, no mundo dos negócios. Cada vez mais se registra histórias fantásticas de mulheres empreendedoras que viraram a própria mesa e conquistaram um espaço até então somente reservados aos homens: o timonete das empresas.


Na Rede Teleport, temos o prazer de apresentar dois casos genuinos de mulheres empreendedoras:

Gabriella Araujo: Apesar da pouca idade, Gabriella Araújo, tutora presencial do Polo de Carpina/PE iniciou sua brilhante carreira a frente das atividades pedagógicas da unidade de ensino, ligada à CETEC, um curso profissionalizante de informática. Inicialmente absorvida apenas com as atividades de mediação das aulas, Gabi, como é amplamente conhecida na Rede Teleport, começou a se envolver com outras atividades mais nobres, tornando o Polo Carpina um dos mais eficientes no quesito evasão e inadimplência. Ao mesmo tempo, Gabi cursava a formação técnica em administração, na própria ETEBRAX. Foi uma das duas únicas concluintes da primeira turma do curso técnico de Administração e, como se pusesse em prática os mais refinados ensinamentos de empreendedorismo do curso, adquiriu a CETEC Informática, empresa da qual era funcionária, e tornou-se empresária, juntamente com outros sócios (ex-professores e funcionários). Apesar disto, a nossa Gabi continua a mesma pessoa, humilde, paciente e parceira, como sempre.


Diana Paiva: Se adquirir a própria empresa onde trabalha é muita ousadia, imagine sair dela e começar uma igual do zero? Foi isto que a Diana Paiva, juntamente com o Charles, ambos ex-tutores presenciais do Polo de Pesqueira/PE, fez sem afetação. Após o insucesso do antigo parceiro da Rede Teleport naquela cidade, a brava Diana arregaçou as mangas e deu prosseguimento à missão de levar o melhor da Educação para todos em todos os lugares em sua própria cidade. Alugou uma sala no Colégio onde funcionava o Polo Pesqueira/PE e começou uma jornada vertiginosa de empreendedorismo puro e genuino. Contando com seu companheiro, Charles, montou um Polo em Arcoverde, cidade a 40km de Pesqueira, que despontou como o maior Polo em quantidade de alunos em curso. Em seguida, uniu-se ao Wesckley Patrick e dinamizou o Polo de Garanhuns/PE. Fez parcerias com as associações comerciais de Belo Jardim, Pesqueira e Arcoverde e empreendeu o programa Sebrae-Conecta nessas cidades. Atualmente está abrindo novos Polos em Custódia e São José do Egito. Diana Paiva é um belo exemplo de Mulheres Empreendedoras na Rede Teleport.

Que esses bons exemplos sirvam de inspiração, não só às demais mulheres da Rede, mas também aos homens que vêem na Rede Teleport um celeiro de possibilidades empreendedoras.

Nenhum comentário: