sexta-feira, 6 de março de 2009

Numerologia, crer ou não crer? Eis a questão



Para mim, numerologia, astrologia, holística e tudo mais não passavam de crenças. Delírios de mentes ávidas por explicações e respostas aos fenômenos do universo. Até que no dia 31 de dezembro de 2003 eu tive um sonho. O sonho mais parecia um presságio. Algo ou alguém me alertava de que o ano de 2004 seria muito difícil e desafiador para mim. Acordei angustiado. À medida em que os meses de 2004 foram passando, os acontecimentos começavam a confirmar o que o meu sonho me dissera naquela estranha tarde de 31 de dezembro de 2003. Lembrei que outros anos de minha vida também foram igualmente desafiadores, como 1995, 1986, 1977 e assim por diante. Regredindo em meus pensamentos consegui captar uma certa lógica matemática nos repetidos ciclos de maré baixa em minha vida. De 9 em 9 anos eu definitivamente percebi que havia sofrido crises financeiras de proporções profundas. Em 1977 eu tinha apenas 11 anos, não era um cidadão economicamente ativo, mas mesmo assim eu passei por uma experiência traumática relacionada ao convívio com o meu pai. Em 1986 eu comprei o meu primeiro carro – não foi uma boa experiência – uma seqüência de acidentes e incidentes me fez entrar na primeira grande crise financeira. Em 1995 tive o segundo dissabor com este tipo de experiência, quando, pela primeira vez, quase quebrei como empresário. E em 2004 não foi diferente, entrei em uma crise profunda quando resolvi expandir meus negócios. Enfim, algo realmente acontecia de 9 em 9 anos na minha vida.

Somente em 2008 resolvi estudar a fundo o que acontecera comigo nesses insólitos ciclos. Percebi que, além do intervalo de 9 anos entre eles, a soma dos dígitos daqueles anos sempre totalizava 6. Comprei e li tenazmente 3 livros sobre Numerologia e consultei 2 profissionais sobre o tema. Eram incríveis as coincidências dos fatos e datas de minha vida com a teoria que aprendi com essas ricas fontes de consulta. Aprendi, por exemplo, que a forma com a qual eu assinava o meu nome vibrava negativamente para mim mesmo. Identifiquei padrões de comportamento nas pessoas e coisas que me circundavam. Mas dois fatos foram preponderantes para eu definitivamente consolidar a minha credulidade nesta ciência: – primeiramente tudo o que eu conhecia sobre assuntos como Holística e Astrologia batiam incrivelmente com os preceitos da Numerologia – segundo e mais importante: descobri que o pai da Numerologia não foi nenhum mago, monge ou profeta bíblico, simplesmente um matemático que sempre admirei: Pitágoras.

Passei sistematicamente a utilizar, além da holística (sobre a qual já conversamos neste Blog) a Numerologia em minha vida pessoal, profissional e empresarial. Sem medo ou constrangimentos, mudei a forma com a qual assinava cheques e documentos relacionados a dinheiro: “D.Lira Barros”. E, o mais difícil, mudei a escrita do meu sobrenome: de “Stephen” para “Steven”. No campo empresarial iniciei três processos de mudança ainda mais radicais – a mudança dos nomes das minhas duas empresas e de outra com a qual tenho uma profunda relação.

Ainda não tive respostas para essas mudanças, mas, pelo menos, amanhã não poderei imputar ao universo responsabilidades por eventuais fracassos. Acredito absolutamente que a vibração energética desses novos nomes contribuirá para o sucesso desses empreendimentos.

E você? O que acha disso tudo? Está disposto a estudar os números que estão por trás dos seus nomes, datas e ciclos? Consulte mais sobre Numerologia. Compre um livro. Compreenda como funciona. Acesse sites e blogs relacionados com esta ciência. Só depois consulte um numerólogo. Foi assim que eu fiz.

Algumas referências para você pesquisar mais sobre o tema:

Numerólogas que eu consultei e recomendo:
Iolanda Queiroz (Recife/PE): iolanda06@hotmail.com
Juliana Vagner (Rio de Janeiro/RJ): Fone: (0**21)2549.6973

Livros que li:
Manual de Numerologia. Dodge, Ellin. Schuller, Carolann. Editora Pensamento. Link para leitura em formato eletrônico: http://books.google.com.br/books?id=Pco8w-3LVM8C&printsec=frontcover&dq=numerologia&lr=&as_brr=3#PPA5,M1

Numerologia, a Importância do Nome no seu Destino. Cissay, Monique. Editora Pensamento. Link para leitura em formato eletrônico: http://books.google.com.br/books?id=e020Zz-aP_gC&printsec=frontcover&dq=numerologia&as_brr=3#PPP1,M1

Ciclos da Vida. DeLorey, Christine. Editora Pensamento. Link para leitura em formato eletrônico: http://books.google.com.br/books?id=KdbOeWPQiasC&pg=PA16&dq=o+poder+dos+n%C3%BAmeros&as_brr=3#PPA5,M1

Um comentário:

Jarbas Linns disse...

Amigo David, estou super feliz de reencontra-lo, fui seu aluno no Iteci, fiz muitos cursos por lá com vc. Creio que se vc me ver, vai se lembrar de mim. Gostaria muito de entrar em contato com vc. Se puder me mande seu email ou me escreva (jarbaslins@gmail.com). Gostei do seu comentário sobre astrologia e numerologia... sou fã da área holística e também tive muitas mudanças em minha vida quando passei a fazer uso desses emsinamentos. Seria ótimo trocar idéias com vc. Aguardo seu contato.
Abraços,

-Jarbas